Conteúdo patrocinado

D8
Rapper
O rapper que ficou conhecido no programa Factor X, em matéria de estilo, diz que é “o rapaz dos pólos” mas também é fã do boné e da mochila da coleção Bandida. A expressão que o inspira no dia-a-dia é “sonho de menino”. “É a frase que o Cristiano Ronaldo tem nas chuteiras. Serve para ele se lembrar que está a realizar um sonho de criança. Ele é o meu maior ídolo e por isso adoptei a frase. Seria ele, junto com o Leonardo Da Vinci e o Nikola Tesla, que convidaria para beber uma Bandida comigo”.

Maria Miguel
Atriz
Apostou no teatro quando tudo parecia contra. Foi essa a sua maior irreverência, mas está a dar frutos. Define-se como teimosa, gosta de liderar e de impor as suas ideias. Mas com delicadeza. Daí que se fosse um animal, escolheria ser uma borboleta. “Porque tem uma capacidade de transformação incrível”. Tem a mania de reparar nas meias das pessoas e é essa a sua peça favorita na coleção Bandida.

João Rebelo
Surfista
Está a viver o seu ano de sonho. Terminou a faculdade e decidiu viajar pelo mundo, fazer voluntariado, viver fora. Não tem medo de arriscar – é isso que o identifica com a Bandida –, talvez por isso, se fosse um animal, João Rebelo seria um tubarão. “Porque está no topo da cadeia dos oceanos”. Observador, perfecionista, mas com sentido de humor, gostava de partilhar uma Bandida com Andy Irons, o fenómeno do surf. Com a sua camisa preferida vestida.

April Ivy
Cantora e compositora
Diz que é teimosa e tem mau acordar. Mas adora música (está quase a lançar o seu primeiro álbum) e os seus fãs, a quem promete autenticidade. Foi por isso que aceitou fazer parte da crew Bandida do Pomar, porque se identifica com a irreverência da marca e gosta de arriscar. Da coleção, destaca o crop top – “passo muito calor em palco e acaba por ser um outfit cool”. Quem sabe a peça que vestiria num date regado a Bandida com John Snow, um dos personagens principais da série Guerra dos Tronos, na qual é viciada.

Noua Wong
Atriz e Dançarina
Diz que a bandida do Pomar desenhou esta coleção a pensar em si. “Não tive de mudar o meu estilo. Isto sou eu!”, conta a dançarina, que adora as sweats e o hoodie desta linha da marca que usa de forma inteligente o marketing de guerrilha. Confessa-se impaciente, mas muito positiva: o seu mantra para os dias mais complicados é “vai dar tudo certo”. “Acho que, em termos de acting, o meu momento-chave ainda está para chegar. Mas vai acontecer. Tenho trabalho, sou uma sortuda. A minha grande ousadia é ser feliz!”.

Fotografia: Gonçalo F. Santos
Make Up e Cabelos: Tita Costa e Marta Monteiro

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.